Personalização

A personalização em lentes oftálmicas, progressivas e monofocais implicam uma grande diferença na qualidade visual para o usuário. Quando uma lente otimiza-se, obtemos o melhor resultado ótico possível. Cada lente é única e está perfeitamente adaptada aos parâmetros morfológicos da armação escolhida para o paciente, inclusive se os usuários têm a mesma prescrição ou índice de refração da lente, por esta razão cada usuário vai ter parâmetros diferentes, tornando-se a sua lente diferente de cada usuário. Devido a esta personalização cada par de lentes oferece a melhor qualidade de visão e um grande conforto.

 

Parâmetros de Personalização

Os parâmetros de personalização são únicos para cada paciente e utilizam-se para compensar a potência da lente em toda a superfície. Durante o processo de cálculo, estes parâmetros representam a identidade do usuário tornando assim possível desenvolver lentes personalizadas.
 

1. Prescrição e Adição

Digital Ray-Path® calcula a potência que o usuário necessita quando olha através das suas lentes (estas vão estar montadas na armação que selecionou).  A potência das lentes compensa-se ponto a ponto durante o cálculo das mesmas, no qual têm-se em consideração a posição real da lente. Como vantagem principal o paciente recebe umas lentes que lhe fornecem a potência exata que precisa em qualquer direção do olhar, que compensa a obliquidade lateral quando o olho visualiza lateralmente, com isto a correção visual é mais exata.

2. Distâncias Naso-Pupilares (DNP)

A distância naso-pupilar é a distância que existe a partir do eixo de simetria da face do paciente (centro do nariz) até ao centro de cada pupila. É recomendável medir a distância naso-pupilar de cada olho separadamente.

3. Alturas Pupilares

A altura pupilar define-se como a distância vertical que existe desde a pupila à parte inferior da armação, quando o paciente olha em posição primária da visão. É recomendável medir a altura pupilar tanto do olho direito como do esquerdo.

 

4. Dimensões da armação

Calibre Horizontal (HBOX), Calibre Vertical (VBOX) e Ponte (DBL)

As dimensões da armação usam-se para calcular automaticamente o diâmetro final da lente, para obter-se a mínima espessura possível. As dimensões da armação também utilizam-se para melhorar a efetividade do cálculo, uma vez que a lente otimiza-se somente na zona que vai ficar dentro da armação e nas áreas que se vão cortar ou biselar. Finalmente, nas lentes progressivas as alturas pupilares utilizam-se para selecionar qual é a melhor longitude de progressão, naqueles casos que não esteja especificamente indicado pelo optometrista.

 

5.  Ângulo Pantoscópico (PANTO)

O ângulo pantoscópico é o ângulo que forma o plano vertical entre o eixo óptico da lente e o eixo visual do olho na posição primária da visão.

6. Ângulo Facial (ZTILT)

O ângulo facial correspondente à curvatura da armação

7. Distância ao Vértice (BVD)

A distância ao vértice é a distância entre o ápice corneano e a face posterior da lente.
Digital Ray-Path® leva em consideração o ângulo pantoscópico, ângulo facial e distância ao vértice para simular a posição real da lente com respeito ao olho.

 

8. Distância de Leitura (NWD)

A distância de leitura é a distância desde a lente até à carta de leitura quando o paciente encontra-se na posição habitual de leitura. Digital Ray-Path® utiliza a distância de leitura para melhorar a otimização na zona de perto da lente e também para calcular o correto inset que necessita o paciente.


 

Graus de Personalização

Quando se pede ao laboratório um par de lentes Digital Ray-Path®, estas podem ser total ou parcialmente personalizadas, este grau de personalização depende da informação que se disponibiliza ao realizar a ordem do pedido. Em ambas as situações, a lente final fornece uma qualidade de visão e um conforto significativamente superior a uma lente convencional.

Personalização Total

Quando seja possível, o optometrista deve tomar todos os parâmetros de personalização e incluí-lo na ordem de pedido. Estes parâmetros utilizam-se para calcular a melhor lente possível para esse paciente em particular e obter desta maneira uma lente totalmente única e personalizada.

Personalização Parcial

Quando não se dispõe de algum dos parâmetros de personalização se calculam as lentes utilizando valores padrão. Estes valores padrão foram selecionados cuidadosamente para possibilitar a otimização mais correta na maioria dos casos, apesar de tudo, para os casos especiais, como armações de um ângulo facial alto, os valores padrão não são recomendáveis.
No caso, que não se disponha de todos os parâmetros de personalização, as lentes Digital Ray-Path® oferecem uma visão significativamente superior em comparação com uma lente convencional. A combinação da prescrição, material, progressão e curva base permite a otimização, o que fornece uma melhora significativa do rendimento da lente.